Linhas de Pesquisa

Desde sua implementação até o ano de 2016, o Programa trabalhava com três linhas de pesquisa:

  • Ensino e Aprendizagem de Matemática;
  • Formação de Professores;
  • Tecnologia e Educação Matemática.

Esta constituição perdurou por mais de uma década do PPG, porém, com a ampliação do corpo docente e o consequente aumento e amadurecimento dos grupos de pesquisa e das pesquisas desenvolvidas no Programa, sentiu-se a necessidade de redimensionar as linhas de pesquisa de modo a que estas correspondessem ao que de fato era desenvolvido no Programa.

Na autoavaliação do quadriênio anterior (2013 – 2016) já havia sido indicado que devido ao trabalho desenvolvido por alguns professores do Programa, delineava-se a necessidade de criação de uma linha de pesquisa voltada à História e Filosofia.

Assim, neste último quadriênio o PPG passou a ter quatro linhas de pesquisa denominadas:

  • Ensino e Aprendizagem de Matemática;
  • Formação de Professores e Currículo;
  • História, Filosofia e Educação Matemática;
  • Tecnologia e Educação Matemática.

 

Ensino e Aprendizagem de Matemática

Nessa linha pesquisam-se aspectos epistemológicos e didáticos da Matemática visando melhor compreensão dos fenômenos ligados aos processos de ensino e de aprendizagem da Matemática nos diversos níveis e modalidades de ensino. Estão incluídas nessa linha temáticas como o papel dos recursos em processos de ensino e aprendizagem, entendendo recursos no seu sentido amplo como livros didáticos, jogos, materiais manipulativos, tecnologias digitais e outros. As pesquisas desenvolvidas nessa linha de pesquisa apoiam-se em teorias que permitem compreender questões relativas à problematização dos objetos de saber em cena, tanto do ponto de vista do professor quanto do aluno.

 

Formação de Professores e Currículo

Na linha Formação de Professores e Currículo estão inseridas temáticas relativas à formação inicial e continuada de profissionais de Educação Matemática, bem como às várias dimensões do currículo, tanto em nível teórico, quanto de práticas pedagógicas escolares e em espaços não formais, em todas as etapas da escolaridade e modalidades de ensino.

Essa linha visa o desenvolvimento de estudos e pesquisas sobre formação de professores relativamente às formas de conhecer e favorecer a evolução das ideias dos alunos e sobre a interação dessas ideias com a formulação e a implementação de metodologias investigativas em sala de aula e de perspectivas colaborativas entre os professores. Também desenvolve pesquisas sobre currículos, concebidos como práticas discursivas e construções sociais que legitimam determinadas ações e formações.

 

História, Filosofia e Educação Matemática

Essa linha visa o desenvolvimento de pesquisas sobre a História da Matemática e da Educação Matemática articuladas às questões de ensino, formação de docente e narrativas; assim como desenvolver estudos a partir de posturas filosóficas para abordagem da matemática e da formação por meio desta linguagem e da própria ação investigativa.

 

Tecnologia e Educação Matemática

A linha de Tecnologias Educacionais investiga os fundamentos, usos, impactos e perspectivas da web e de tecnologias digitais em espaços educativos. As pesquisas nesta linha têm como contexto preferencial a educação pública de qualidade, orientada pela construção do conhecimento e pela formação de educadores (professores que ensinam matemática) nos diferentes níveis de ensino e modalidades educativas (presencial ou a distância). Para estas pesquisas convergem estudos de diferentes mídias e tecnologias digitais e sua integração aos processos de ensino e de aprendizagem de matemática, com questões investigativas relacionadas: à construção de conhecimento; à didática do professor que ensina matemática; aos processos de formação de professores; ao currículo escolar; e à produção e avaliação de material didático digital, com foco na emancipação do sujeito, a partir do desenvolvimento da sua autonomia, criatividade e criticidade.